Tapanã recebe seleção do ‘Donas de Si’ para curso gratuito

Tapanã recebe seleção do ‘Donas de Si’ para curso gratuito

O Banco do Povo de Belém iniciou o procedimento de seleção de alunas ao primeiro curso gratuito de capacitação profissional do programa “Donas de Si”, da Prefeitura de Belém, entre as mulheres atendidas pelo “Bora Belém”, no Tapanã, nesta terça-feira, 15, na sede do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do bairro. A equipe do órgão apresentou o curso de processamento de frutas e produção de geleias, compotas, licores e outros doces, realizado em parceria com os Sistemas de Aprendizagem Rural (Senar) e da Indústria (Senai), que acontecerá inicialmente no bairro do Bengui, a partir do próximo dia 28 de junho, e em seguida no Tapanã, a partir do dia 12 de julho.

O programa “Donas de Si”, da Prefeitura de Belém, é voltado à formação e capacitação de mulheres com o objetivo de apoiá-las na conquista da autonomia financeira, seja para obter uma vaga no mercado de trabalho, seja para prepará-las ao empreendedorismo, especialmente de forma coletiva. Neste primeiro momento, o programa é voltado para as mães beneficiárias do programa de renda emergencial “Bora Belém”.

Cerca de 40 mulheres participaram do encontro no Tapanã. Arilene Lobato Viana, de 40 anos, foi uma das moradoras que se interessou em fazer o curso. Ela é mãe do pequeno Lucas, de 4 anos, e trabalha como diarista, mas conta que perdeu clientes com a pandemia e, hoje, depende da ajuda de familiares e do “Bora Belém” para sobreviver. “Gostei muito da oportunidade que estão dando, o curso é bom. Eu vou aprender a fazer geleia e quero ver outros cursos que eu me identifique para fazer alguma coisa para vender”, comemorou.

O curso será realizado em uma unidade móvel equipada com uma cozinha industrial, que pertence ao Senar e ao Senai, onde as alunas terão aulas teóricas e práticas. O curso consiste de 40 horas-aula com 21 vagas por turma e emissão de certificado às concluintes. Serão realizadas duas turmas de alunas no Bengui, sendo uma de manhã e outra à tarde, e duas turmas no Tapanã, nos mesmos turnos.

Na reunião, as mulheres do bairro foram orientadas sobre o “Donas de Si” e o primeiro curso do programa, além de preencherem um questionário com informações socioeconômicas e de saúde que vai orientar um trabalho integrado de vários órgãos da Prefeitura de Belém junto às mulheres do “Bora Belém”. Outra reunião com a mesma finalidade foi realizada com cerca de 50 mulheres no Bengui, no último dia 11 de junho.

Parceria  A coordenadora do Banco do Povo, Georgina Galvão, reuniu com o coordenador de Projetos do Senar, Jorge Soares, e com o coordenador de Unidades Móveis do Senai, Ivan Carvalho, para acertar os detalhes da realização do curso nos dois bairros. O encontro ocorreu na sede da Federação das Agricultura e Pecuária do Estado do Pará (Faepa), também nesta terça-feira, 15.

“Nosso propósito é atingir as mulheres que mais precisam, que, hoje, dependem do auxílio de assistência social ‘Bora Belém’ para comer e pagar aluguel. Queremos ajudá-las a ter uma vida melhor e mais digna para si e suas famílias. Estamos oferecendo o primeiro curso de outros que virão”, explicou Georgina.

“Estamos com uma grande expectativa para atender esse público que a prefeitura está disponibilizando a nós e poder ajudar as pessoas carentes do município de Belém”, destacou Jorge Soares. “Para nós, é muito importante visar o crescimento dessa parceria com a Prefeitura de Belém”, completou Ivan Carvalho.