O que você procura?

Programa Donas de Si forma mais 76 pessoas em Mosqueiro

• Atualizado há 2 meses ago

Muitos sorrisos de realização pessoal e de esperança em um futuro com mais oportunidade. Assim foram os eventos de formatura de 76 alunas e alunos dos cursos de “Floricultura, Jardinagem e Paisagismo” e de “Processamento de Frutas e Produção de Doces”, que ocorreram na manhã da sexta-feira, 25, no distrito de Mosqueiro. Os cursos realizados pela Prefeitura de Belém atenderam moradores da ilha, estimulando o acesso ao emprego e à renda.

Os 36 concluintes de Floricultura, Jardinagem e Paisagismo.

Os cursos foram realizados por meio do Banco do Povo de Belém, no contrato de prestação de serviço firmado com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que ministrou as aulas. A iniciativa teve a parceria da Agência Distrital de Mosqueiro (Admos).

Capacitação e autonomia financeira

Para o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, o Donas de Si é um dos programas criados para combater a fome e oferecer capacitação para mulheres em situação de vulnerabilidade alcançarem autonomia financeira.

“O Donas de Si, programa de formação profissional, baseado no método de Clodomir Moraes, que é o LOT, metodologia de formação massiva. Isso é política pública importante para combater a fome”, destacou Edmilson Rodrigues. 

Floricultura, Jardinagem e Paisagismo

Rita, Neli, Jéssica e Isabel fizeram um arranjo juntas. no curso.

A aluna do curso de Floricultura, Jardinagem e Paisagismo, Rita de Cássia Santos, de 43 anos, trabalha com a produção e venda de sobremesas. “Já faço atividades de eventos, cozinho e faço arranjos (de flores). Esse curso se encaixou”, disse.

A formatura de 36 alunos desse curso ocorreu na Escola Municipal Remígio Fernandez, no bairro do Maracajá, onde se deram as aulas ao longo de duas semanas. Os bonitos arranjos florais e terrários feitos pelos alunos foram expostos durante o evento.

Edilson, Eliane, Eliane e Maikon também fizeram arranjos de flores.

“Estou sem palavras. O curso foi bom demais”, agradeceu Edilson Castro, de 58 anos, que trabalha como caseiro de uma residência de veraneio. O aprendizado em jardinagem e paisagismo são um up grade importante para ele.

Doces

Já a formatura dos 40 alunos de Processamento de Frutas e Produção de Doces, ocorreu na mesma manhã, na sede do Mercado Municipal do Carananduba, no bairro do mesmo nome. Uma mesa foi organizada com os produtos elaborados pelos alunos, como cocadas, picles, ketchup, goibadas, além de licores, geleias e doces de vários sabores.

Roberta Roterdã, de 35 anos, já estuda gastronomia e viu a oportunidade de aprender ainda mais no curso da Prefeitura de Belém. “Estou desempregada, faço serviço de diarista, mas não é uma renda fixa. Quero aprimorar os conhecimentos. O curso foi muito bom, quero colocar em prática, fazer licores para vender a banhistas e obter uma renda”.

Uma das oradoras de turma, Bárbara Leal, agradeceu os cursos oferecidos pela Prefeitura de Belém para os moradores da ilha, especialmente as mulheres. Enquanto outro aluno Murilo Júnior, um dos três alunos homens do curso, disse que os alunos continuarão em contato para obter forma de se organizar e empreender juntos.

Aluna mostra o licor e outros doces que aprendeu a fazer.

Mais oportunidades

Durante as formaturas, a coordenadora-geral do Banco do Povo de Belém, Georgina Galvão, disse aos alunos que eles poderão continuar contando com o órgão para empreender com a ajuda do crédito solidário, que também é disponibilizado pelo Banco.

Já a agente distrital de Mosqueiro, Vanessa Egla, antecipou que, no período entre os dias 6 de dezembro e 6 de janeiro, a Secretaria Municipal de Economia (Secon) irá disponibilizar 15 barracas no Carananduba para os alunos do Donas de Si comercializarem produtos. Nessa época, o distrito costuma receber muitos veranistas.

Também participaram das solenidades, o diretor da escola Remígio Fernandez, Eimar França, a representante da Secon, Maria Inês Raiol; e o diretor do Mercado do Carananduba, Beto, além das instrutoras do Senar, Aline Sardinha e Jéssyca Gomes.

Veja também