Prefeitura de Belém entrega certificados a 102 concluintes de cursos

Os 102 concluintes dos cursos de qualificação profissional promovidos pela Prefeitura de Belém receberam na terça-feira, 30, os certificados dos cursos de qualificação profissional que foram realizados gratuitamente por meio do Banco do Povo de Belém em contrato firmado com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial no Pará (Senac-PA). Por meio do programa Donas de Si, foram realizadas seis turmas dos cursos de Informática Básica, Excel e Básico de Hidratação e Escova de Cabelos.

A solenidade de formatura aconteceu foi realizada no auditório do Centro de Educação Profissional Belém (CEP Belém), na Rua Sezerdelo Corrêa, com a presença do prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues e da coordenadora-geral do Banco do Povo, Georgina Galvão.

102 pessoas concluíram dentre as 110 vagas ofertadas

“É a crença de que a formação profissional de qualidade pode mudar o rumo das nossas vidas. Eu queria parabenizar a todos os concluintes, que darão um salto de qualidade em suas vidas. Participar da formação de mais de 100 pessoas, mães e pais, que estudaram informática e estética, é um momento de grande emoção. Mostra um governo comprometido com a cidadania”, disse o prefeito de Belém.

Naiara Maia, de 18 anos, disse que não sabia nada de informática e aprendeu muito com o curso. “Eu era leiga, me ajudou muito. Aproveitei a oportunidade de fazer esse cursos de graça”, comemorou.

Prefeito Edmilson Rodrigues falou aos alunos.

Empreendedorismo– Aluna de um dos cursos, Jormalena Moraes, de 33 anos, tem o objetivo de empreender, após concluir o curso de hidratação e escova. “Pretendo montar meu espaço, a partir do que aprendi nesse curso. Vi que podemos pedir financiamento no Banco do Povo e com isso quero mudar minha vida”, comentou.

A dona de cada Neila Menezes, de 39 anos fez o curso de informática para incrementar o currículo. Mas, com as orientações recebidas do Banco do Povo para acessar o crédito solidário de incentivo ao empreendedorismo, ela se animou em abrir uma panificadora ou confeitaria. “Eu já tenho o maquinário em casa. Tenho vontade de ter o meu próprio negócio”.

Alessandra Melo comemorou a chance de melhorar o currículo.

LGBT – Também foi destinada uma turma do curso de Hidratação e Escova,  com 15 vagas, para a comunidade LGBT+, atendida pela Coordenação de Diversidade Sexual (CDS).

A concluinte desse curso, Alessandra Melo, de 27 anos, ressaltou a oportunidade que teve de agregar mais uma capacitação ao currículo. “Estou desempregada e o curso veio para agregar. Fiquei sabendo da capacitação por meio da CDS e me inscrevi. Sei que todo esforço é para mudar de vida”, comemorou. 

Edmilson Rodrigues, Georgina e gerentes do Senac com os alunos.

Georgina Galvão apontou que os concluintes dos cursos são de vários bairros de Belém. “Pessoas de diferentes lugares da cidade, que vieram por meio dos Cras, que procuraram o Banco do Povo e a CDS, estão aqui. Tem casos com histórias lindas e inspiradoras e foi um sucesso, garantido a partir de um contrato firmado com o Senac. A certificação entregue aqui vale em todo o país”, explicou. 

Senac – O contrato firmado pela Prefeitura de Belém junto ao Senac prevê, até 2023, a oferta total de 1.155 vagas, distribuídas em 26 cursos nas áreas de informática, marketing digital, comércio e gestão, beleza, moda e gastronomia. Outras turmas serão abertas ao longo dos próximos meses.

A gerente do Centro de Educação do Senac/Belém, Brenda Fortes, disse que “colocamos todas as nossas equipes pedagógicas à disposição. O Senac busca mudar vida dessas pessoa por meio dessa parceria junto à Prefeitura, e nós conseguirmos”.