Após Donas de Si, mulheres do Bengui e Tapanã são preparadas para o crédito solidário

As alunas que se formaram no programa de qualificação profissional Donas de Si, da Prefeitura de Belém, nos bairros do Bengui e do Tapanã, em 2021, acabam de passar por uma nova etapa de incentivo ao empreendedorismo e à autonomia financeira.

Elas participaram do Curso de Empreendedorismo e Crédito, que repassou orientações sobre o gerenciamento do próprio negócio, bem como acessar o crédito solidário (microcrédito) do Banco do Povo de Belém, com juros de 0,01%. O curso ocorreu na quarta, 16, e nesta quinta-feira, 17, no auditório da instituição.

Sonhos virando realidade

Berenice Paula de Souza, 49 anos, aprendeu a fazer cocada, licores, geleias e compotas de frutas por meio da Prefeitura de Belém. Hoje, ela complementa a renda de serviços de diarista e de venda de churrasquinho com a produção de cocadas.

“Comecei enviando 20 potes de cocada pra vender na cidade de Portel e, agora, estou fornecendo 50 potes. Está dando R$ 400 pra mim. Quero empreender em casa, fazer um negócio familiar. Quero montar a minha lanchonete”, idealiza Berenice.

O Donas de Si é um programa voltado a mulheres em condição de vulnerabilidade social, incluindo beneficiárias do programa de renda cidadã Bora Belém. 

“Hoje, elas estão recebendo uma formação sobre plano de negócios, planejamento e crédito, que permitirá com que elas aprendam a montar o negócio e a fazer diferença no seu empreendimento”, detalha o agente de crédito do Banco do Povo, Gilvan Cleber Nascimento.

Microcrédito

A coordenadora-geral do Banco do Povo de Belém, Georgina Galvão, reforça que a Prefeitura de Belém vai seguir estimulando as alunas do Donas de Si a montarem os próprios empreendimentos de forma individual ou coletiva.

“Elas receberam orientações para preparar os planos de negócio. O próximo passo será a visita dos agentes de crédito do Banco aos locais em que elas pretendem montar os negócios e a análise do Banco do Povo para a liberação do crédito”, explica.

As Donas de Si poderão acessar o crédito de até R$ 5 mil (limite para pessoa física) com parcelamento de 12 meses para capital de giro e 24 meses para capital fixo, carência de dois meses para começar a pagar e juro de 0,01%.