Prefeitura debate ações de parceria com o Sebrae

Prefeitura debate ações de parceria com o Sebrae

O Banco do Povo de Belém (antigo Fundo Ver-o-Sol), a Secretaria Municipal de Economia (Secon) e a Secretaria Municipal de Coordenação Geral do Planejamento (Segep) irão constituir um grupo de trabalho junto com o Serviço Brasileiro de Apoio à Pequena e Micro Empresa (Sebrae) para definir ações conjuntas para o empreendedorismo local e impulsionar o desenvolvimento econômico do município de Belém.Na tarde desta segunda-feira, 24, a coordenadora-geral do Banco do Povo de Belém, Georgina Galvão, e o secretário municipal de Economia, Apolônio Brasileiro, reuniram com o superintendente do Sebrae, Rubens Magno Júnior, na sede do Sebrae, para discutir possibilidades de parceria em favor da população de Belém. A Secretaria Municipal de Coordenação Geral do Planejamento (Segep) também enviou representante à reunião.

Georgina Galvão explicou sobre as ações de capacitação e formação profissional e de crédito solidário que voltarão a ser oferecidos pela Prefeitura, por meio do Banco do Povo de Belém, com incentivo à formação de empreendimentos individuais e coletivos, inclusive de cooperativas, a fim de apoiar a independência financeira dos cidadãos.

 “O grupo de trabalho vai discutir pontos de convergência entre a política municipal de desenvolvimento econômico e a expertise do Sebrae no fomento ao empreendedorismo local, visando o desenvolvimento da economia do município de Belém”, destacou Georgina.

Segundo o Secretário Municipal de Economia, Apolônio Brasileiro, “o Sebrae pode ser um grande parceiro no sentido de Belém desenvolver ações integradas que potencializem as iniciativas da agricultura urbana, na economia solidária, economia criativa e outros segmentos empreendedores”.

O secretário ressalta, que a parceria também pode atuar no fortalecimento de microempresas, contribuindo não só para a geração e distribuição de renda, como para desenvolver e consolidar arranjos produtivos locais.