Prefeitura de Belém viabiliza cursos gratuitos de capacitação profissional

Prefeitura de Belém viabiliza cursos gratuitos de capacitação profissional

A Prefeitura de Belém, por meio do Banco do Povo de Belém, firmará parceria com o Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para disponibilizar o curso de panificação e confeitaria de forma gratuita, no próximo mês de agosto.

A iniciativa reforça o programa de formação e capacitação profissional que está sendo elaborado pela PMB para atender às mães beneficiárias do “Bora Belém”.

O assunto foi tratado na reunião entre a coordenadora-geral do BPB, Georgina Galvão, e o diretor regional do Senai e superintendente regional do Sistema Social da Indústria (Sesi), Dário Lemos, na última segunda-feira, 17.

A iniciativa do Banco se soma à parceria já firmada com o Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que vai disponibilizar outra carreta para curso gratuito de processamento de frutas e produção de geleias e compotas, a partir do próximo mês de junho.

“Vamos começar a oferecer os cursos de capacitação profissional aos beneficiários do ‘Bora Belém’ para abrir oportunidade de acesso ao mercado de trabalho e de empreendedorismo. Queremos estimular e apoiar a construção da autonomia financeira e econômica dessas mulheres para o período posterior ao benefício social”, explica Georgina Galvão. 

As duas carretas possuem estrutura para aulas teóricas e práticas, sendo equipadas com cozinhas industriais. Os cursos de panificação e confeitaria têm carga horária de 160 horas, cada um (dois meses), com capacidade para duas turmas de 20 alunos cada.

Já o curso de processamento de frutas e produção de geleias e compotas tem carga horária de 40 horas (duas semanas), com duas turmas de 20 alunos cada. Ainda não foram definidos os locais em que as carretas farão o atendimento. 

Reestruturação

O BPB ficou conhecido como Fundo Ver-o-Sol por alguns anos, mas foi originalmente criado com o nome Banco do Povo, por meio da Lei Nº 01, de 20 de outubro de 1997, durante a primeira gestão de Edmilson Rodrigues como prefeito de Belém. O Banco vem sendo reestruturado para voltar a oferecer cursos de formação e capacitação profissional e de oficinas de orientação de finanças pessoais e para a valorização do consumo local e consciente.

O BPB ainda voltará a oferecer linhas de crédito para o empreendedorismo com o acompanhamento de agentes de inclusão produtiva e a capacitação, de acordo com o empreendimento, através de instituições parceiras, entre outras ações.