Em decorrência do ano eleitoral de 2024, bem como a Lei Federal nº 9.504/1997, que estabelece normas gerais para leições e determina as condutas vedadas aos agentes públicos, configurando algumas condutas como abuso de poder, bem como a infringência ao art. 37, §1º da Constituição Federal, as notícias deste site estão desabilitadas até o fim do período eleitoral.

Prefeitura de Belém atende ao cadastro de reserva com cinco novas turmas do programa Donas de Si

• Atualizado há 6 meses ago

No início de agosto de 2023, quem compareceu ao Banco do Povo, da Prefeitura de Belém, mas se deparou com vagas preenchidas para os cursos do programa de qualificação Donas de Si, entrou para o cadastro de reserva e, a partir de outubro, passou a ser atendido com turmas extras criadas especialmente para esse público. Ao todo, 2.364 pessoas concluíram cursos pelo programa, desde que foi criado, em junho de 2021. Dessas, 2.053 são mulheres (86,84%).

A aluna Giovana dos Santos, de 18 anos, do bairro do Guamá, planeja obter renda extra com o conhecimento adquirido para ajudar na renda da família, cuja mãe é cozinheira e o pai trabalha com fretes. “Eu sempre tive interesse em saber como trabalhar com sobrancelhas e cílios. Eu gostei muito do curso. Eu não sabia fazer nada dessa área”, comemorou Giovana.

Turma de Corte e Costura do cadastro de reserva.

Ao todo, foram criadas cinco turmas de diferentes cursos, totalizando 95 vagas. Nesta terça-feira, 5, inicia a turma de “Alongamento de Cílios”, com 20 vagas. Na semana que passou, alunas de “Básico de Corte e Costura” e de “Design de Sobrancelha e Embelezamento de Cílios” finalizaram os cursos. E, antes dessas turmas, houve a turma de “Técnicas Básicas de Confeitaria”. Além desses, ainda estão em sala os alunos de “Informática Básica”.

Giovana dos Santos, 18 anos, treina o design de sobrancelha no rosto da colega de turma, Nadilza Neves.

Cadastro de reserva

O número de pessoas interessadas em se inscrever nos cursos do “Donas de Si” superou bastante as expectativas da coordenação do programa, realizado por meio do Banco do Povo de Belém. Por isso, novas turmas foram abertas junto ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), instituição contratada pela Prefeitura para ministrar os cursos.

“Muitas pessoas duvidaram da eficácia do cadastro de reserva. A maioria das pessoas que estão sendo chamadas tem levado o curso a sério, temos tido pouca perda de vagas”, explicou a servidora da equipe de Capacitação do Banco do Povo, Tamiris Maciel. “E aquelas que concluem os cursos estão satisfeitas e perguntando quando serão abertas as inscrições novamente”.

Veja também