O que você procura?

Prefeito de Bissau conhece experiências de empoderamento econômico feminino da Prefeitura de Belém

• Atualizado há 1 mês ago

As políticas de estímulo ao empoderamento econômico das mulheres, realizadas pela Prefeitura de Belém, voltaram a ter atenção internacional. No dia 23 de novembro de 2023, o prefeito de Bissau, capital de Guiné-Bissau, na África, Justén Nosolíny, e a diretora de gabinete de Gestão Direta de Bissau, Aíssatu Turé, foram recebidos pelo prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, acompanhado do coordenador de Relações Internacionais de Belém, Luiz Arnaldo Campos. A visita da comitiva teve como objetivo conhecer a estrutura municipal de trabalho e as ações voltadas para população em vulnerabilidade social. 

A comitiva africana também esteve em visita ao Banco do Povo de Belém para conhecer o programa de qualificação profissional Donas de Si e o programa de Crédito Solidário, desenvolvidos pelo órgão.

No Donas de Si, 2.364 pessoas já foram qualificadas, sendo 2.053 (86%) mulheres desde que o programa foi criado em junho de 2021. São ofertados, de forma gratuita, diferentes cursos das áreas de gastronomia, moda, estética, informática e gestão, que estimulam o acesso ao mercado de trabalho, seja pelo empreendedorismo ou do emprego formal, com certificação de validade nacional e em países do Mercosul e Portugal.

Justén Nosolíny também visitou o Banco do Povo, onde conversou com a coordenadora Georgina Galvão.

Já o crédito solidário já teve R$ 1,3 milhão investido desde que foi criado, em fevereiro de 2022. Foram realizadas 440 operações de crédito, que beneficiaram 414 pessoas, sendo 307 mulheres (69%). O programa oferece crédito de até R$ 5 mil para pessoas físicas e de R$ 10 mil para pessoas jurídicas com a finalidade de investir em pequenos empreendimentos, na forma de capital de giro ou fixo. O pagamento é facilitado com longo parcelamento e juros baixos de 0,01% a 1,5%.

“Foi nos apresentado o Banco do Povo pelos deputados Lívia Duarte e Carlos Bordalo, lá em Bissau. Nós manifestamos interesse em conhecer. Chegamos aqui e encontramos uma apresentação e sistematização de um atendimento social no âmbito das políticas públicas surpreendente. Para nós é uma inspiração. É mais ou menos o que estamos à procura. Acredito que podemos muito aproveitar essa experiência aqui de Belém, do Banco do Povo, para fazermos os respectivos enquadramentos na nossa conjuntura”, elogiou Justén Nosolíny.

Ele destacou a importância de investir no desenvolvimento do potencial das mulheres pelo papel fundamental que desenvolvem na economia doméstica e na economia formal: “Temos mulheres que são suporte da família, que põem comida na mesa. Há muitas mães solteiras em Bissau, e algumas com muitos filhos, que lutam ferozmente por esse tipo de oportunidade”, acrescentou.

O prefeito de Bissau reuniu com a equipe do Banco e o coordenador de Relações Internacionais da PMB.

Visita internacional

A visita do líder dos poderes Legislativo e Executivo de Bissau é um desdobramento da chamada Missão África, uma comitiva de autoridades da Amazônia Paraense que esteve em Guiné-Bissau no mês passado para uma visita de intercâmbio e solidariedade. 

Em Belém, no Banco do Povo, os convidados internacionais foram recebidos pela coordenadora-geral do órgão, Georgina Galvão, e pelo coordenador de Relações Internacionais, Luiz Arnaldo Campos.

“Estou encantada não só pelo atendimento às mulheres, mas também ao pequeno empreendedor. É necessário investir na economia informal. Isso é o ponto de partida (da política social)”, disse Aíssatu Turé.

Outros destaques nacionais e internacionais

A coordenadora do Banco do Povo, representando a Prefeitura de Belém, apresentou também as experiências do Donas e Si e do Crédito Solidário durante o III Encuentro de mujeres políticas y lideresas locales de América Latina (do espanhol, Encontro de mulheres políticas e líderes locais da América Latina), no eixo do “Cuidado”. O evento foi realizado pela ONU Mulheres e União Íbero-americana de Municipalistas (UIM), por videoconferência, no último dia 17. Georgina participou do ”Espaço de Diálogo entre Autoridades” ao lado das ministras do Panamá e de Neuquén, na Argentina, e de liderança da República Dominicana.

Novamente os programas de empoderamento econômico de Belém, assim como o Ver-o-Cuidado – projeto-piloto do Sistema Municipal do Cuidado, realizado pela Prefeitura e ONU Mulheres com financiamento da ONG Open Society Foundations – foram apresentados por Georgina durante o seminário“Impactos do Acordo Mercosul União Europeia sobre as Mulheres: precarização, perda de emprego e pobreza”, realizado no Rio de Janeiro pelo Instituto Eqüit e pelo Grupo de Trabalho e Gênero, da Rede Brasileira pela Integração dos Povos (Rebrip), no último dia 10.

Veja também