Banco do Povo e Defensoria Pública constróem parceria para atender mulheres vítimas de violência

Uma nova parceria para o atendimento de mulheres vítimas de violência em Belém está sendo tratada entre o Banco do Povo de Belém, da Prefeitura, e a Defensoria Pública do Estado do Pará. O objetivo é viabilizar cursos de capacitação e também crédito solidário do Banco às mulheres atendidas pelo Núcleo de Prevenção e Enfrentamento de Violência de Gênero (Nugem) da Defensoria. Nesta quinta-feira, 28, o assunto em reunião da coordenadora geral do Banco, Georgina Galvão, e as representantes do Nugem, Mislene Lemos e Laurinda Silva, na sede do órgão municipal.

“Existe a necessidade de inserir as mulheres no mercado de trabalho para que elas tenham meios para romper o ciclo de violência doméstica e familiar”, aponta Mislene, considerando que boa parte das mulheres atendidas dependem financeiramente do marido ou companheiro autor de agressões, assim como os filhos delas.

Segundo Laurinda, em média 20 mulheres são atendidas pelo Nugem diariamente. Elas buscam  orientação jurídica e assessoria jurídica para processos criminais de violência doméstica. “Elas pedem esse tipo de apoio. Por isso, deixamos de atender somente a parte jurídica e partir para  questão social”, explica.

“Essa é uma nova parceria que estamos estabelecendo para o empoderamento econômico de mulheres na cidade de Belém. Em janeiro deste ano, levamos o programa de qualificação profissional de mulheres, o Donas de Si, para o distrito de Icoaraci, com cursos de panificação artesanal e de produção de doces, no quais parte das vagas atendeu mulheres vítimas de violência doméstica e familiar atendidas pela  3ª Vara Criminal Distrital de Icoaraci”, recorda Georgina.

Donas de Si

O Donas de Si tem proporcionado a oportunidade de geração de renda e de melhoria da autoestima a mulheres. O programa é voltado especialmente a beneficiárias do programa de renda cidadã Bora Belém. O programa já formou turmas nos bairros do Bengui, Tapanã e Jurunas e também nos distritos de Icoaraci e Outeiro.

O próximo bairro a ser atendido pelo Donas de Si será a Cremação, no próximo mês de junho. E a equipe do Nugem ficou de fazer o levantamento das mulheres desse bairro que possam se interessar em fazer os cursos que serão oferecidos.