Banco do Povo de Belém prepara cursos para LGBTQIA+

Banco do Povo de Belém prepara cursos para LGBTQIA+

O projeto “Olhar Noturno”, da Coordenadoria de Diversidade Sexual (CSD) da Prefeitura de Belém, atende transexuais e travestis que atuam como profissionais do sexo com o objetivo de levar ações de saúde, cidadania e direitos humanos a essas profissionais. O projeto conta com as parcerias da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), da Secretaria Extraordinária de Direitos Humanos (Secdh) e do Banco do Povo de Belém.

Devido à condição de vulnerabilidade em que se encontram essas profissionais, a CDS mobiliza ações em pontos estratégicos onde elas se encontram, levando informações sobre saúde, distribuindo preservativos, bem como orientações e providências de enfrentamento homofobia.

Cursos

Na próxima etapa de ações, a CDS está cadastrando pessoas LGBTQIA+ para cursos de capacitação gratuitos que serão oferecidos por meio do Banco do Povo de Belém. Ainda, a CDS planeja um mutirão com atendimentos de cidadania, como a emissão de documentos com nomes sociais, o auxílio em questões de saúde, a emissão do cartão do SUS e exames médicos e consultas.

Texto: Rayane Lopes